10/12/2008

...Sem assunto....


Pois é...ando um tanto sem assunto ultimamente
Às vezes fico pensando, pensando...mas nada parece interessante o suficiente pra postar.
.
Posso comentar com vocês do quando me sinto enojada quando estou caminhando pelas ruas e vejo as pessoas jogando papel de chicletes, de bombons, ou até mesmo palito de um sorvete recém Devorado, ali, no chão, bem à minha frente. Isso me deixa realmente irritada...Pois não importa a quantos metros esteja o lixo mais próximo, eu vou até ele. Ah, e também há aquelas pessoas que colocam plástico no lixo que é pra por vidro ou papel, e vice -versa...afff
.
Ou quem sabe poderia comentar com vocês que está tendo uma super festa na minha cidade, a maior do ano, que lota de gente de todo o estado de São paulo e até de outros estados...é a Fest Cowntry (Avaré é bem conhecida por seus cavalos de raça)...mas, não sinto a menor vontade de ir.
.
Quem sabe eu lhes fale sobre o lindo jardim que tem em frente ao meu trabalho. Uma praça imensa, com árvores que têm mais de cem anos. Neste jardim tem, todo domingo, um forrózinho com musica ao vivo, para as pessoas se distraírem.
.
Comentaria, que estou bem melhor espiritualmente, do que estava quando da última postagem. Saí do estágio "depressivo", passei pelo estágio "mais ou menos", estou caminhando para o estágio " É, talvez, quem sabe...", depois vem o estágio " Legal", e quem sabe em seguida o estágio " Feliz"...
.
Uma coisa faço questão de dizer, sobre o irmão de Liz...
Se "estrepou". (ele acha isso). Mas eu acho que ele está muito bem...
Não contei à vocês, mas o irmão de Liz é um tanto ( tantão) sem juízo...Afoga as mágas na cachaça constantemente, e se isso não bastasse, também era viciado em Substância entorpecente.
A mãe de Liz, há mais ou menos 1 mês atrás, se mudou pra uma fazenda bem longe.
.
Qual a intenção dela???Manter o irmão de Liz bem longe dos bares, das gandaias e das drogas.
.
Até agora está funcionando. Fico feliz que o Leandro tenha se "estrepado". Espero que ele fique bem , bem longe da cidade...Lá na fazenda. Lá ele está mais seguro...Seguro de si mesmo.
.
É...acho melhor mesmo ir comprar o Estadão.
.


A fonte da praça Largo São João.

A barraca onde fico fuçando os livros usados.


O coreto. Embaixo ficam os grupos que tocam , no domingo.


Banquinhos da Praça


14 comentários:

carmen disse...

Lia, não é fácil passar pelas situações que nos abatem e sobre as quais parece que não temos controle... Dá uma sensação de vazio, de estarmos anestesiados...
Mas, graças a Deus, tudo passa...
É pedir para o Pai nos dar alento, sabedoria e esperarmos nEle.
Desejo que o irmão da Liz saia dessa fortalecido e livre destas coisas que destroem quem as usa...

bjs

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Taí amiguinha Lia,hoje adorei o seu post.Nele enxerguei você e já estava com saudades.

Que bom que seu irmão está "estrepado",que permaneça assim.Tomo a liberdade de falar assim pois não sei se lembra que tive uma irmã como ele e que,infelizmente,não se "estrepou",não deu tempo.Deixe ele por lá e não se atormente,pois cada um escolhe o seu caminho....

Tem um selinho no meu blog para os amigos.

Beijos,aguardando a fase do tudo bem,Sonia Regina.

Alice disse...

Linda Lia !! não sabia que vc morava em Avaré !... nunca fui aí, mas passei minha juventude em Piracicaba, e por ser essas uma cidade universitária , conheci muita gente de Avaré !
Morar no interior é um privilégio !

Apareça aqui na terrinha dos Tupinambás... tá o maior sol !!

bjussssss

Pelos caminhos da vida. disse...

Olá amiga!

Gostei do seu post,achei-o interessante falou de tudo um pouco.
Gostei das imagens da sua cidade,sou do Interior tb,amo minha terra NATAL.

Obrigada pela visita amiga.

Pegou seu selinho?

bjs.

FRAN "O Samurai" disse...

Oi Lia!

Para quem estava sem assunto, sua postagem rendeu boas palavras! O importante é isso... Desabafar!

Sinto que as vezes você é uma pessoa meio triste com sua rotina e está procurando algo interessante que a tire de seu mundinho reservado.

Mas pense comigo, o mundo continuará sendo o mesmo com ou sem a nossa presença. Ele não pára, somente a gente desiste dele. Sempre haverá festas, parques, pessoas se divertindo e tudo mais.

Então porque não participar?

Ficar isolada só aumentará sua mágoas do mundo. Procure divertir-se. Chame algumas amigas e amigos. Mesmo que seja para um barzinho ou tomar sorvete na praça.

Viver e ter um dia proveitoso faz a gente se sentir muito bem. Antes eu também tinha esse mesmo pensamento seu. Mas resolvi mudar e viver a vida intensamente, sem ligar para o que possa acontecer.

O importante são as coisas que fazemos e não as que não deveria ser feita. Faça!

Beijos amiga. A vida é tão boa quando bem aproveitada...

bete disse...

Puxa, Lia, e isso tudo porque você tava sem assunto? Minina...você tá é afiada, isso sim.

é, familia, complicado...a gente precisa ter um pluguezinho pra desligar de familia tem hora, porque eles exercem as opções deles, falo por experiencia própria, a história de minha família dava um livro grosso.

não perca a fé em dias melhores, e principalmente não perca a fé em VOCE.

Rubinho Osório disse...

Pronto! Aprendi como se faz uma postagem quando não se tem assunto... e das boas!
Valeu!

* O Cantinho da Lia * disse...

Carmenzita:
Deus te ouça...sabe que já fui de preocupar mais com problmas dos outros...mas nos ultimos 2 anos tive tantos problemas que resolvi ser um pouco "egoísta", e me preocupar mais com os meus problemas...


Sonia...
eu me lembro sim...muito triste aquela história...
Eu vou lá ver o selinho.Obrigada linda.
Bjs

ALice
Td que eu queria neste momento era estar aí, em Ubatuba...ah que prazer seria poder rever as praias...e conhecer vc...
Bjinhos

Ana
Que bom que gostou
Um grande beijo

Fran
O problema é que é muita aglomeração...Td mundo se esbarrando...me sufoca.
Mas eu vou sim , um dia no parque levar os bbs no parque.
Bjs

Bete
É complicado msm...Mas eu tenho fé sim...Ta td bem. Qq dia vou fazer um resuminho e conto. Eu gosto de te contar as coisas...(como eu sou má, kkkk)
Bjs

Rubinho
Eu pensei: Hj vou postar, vou escrever oque eu to sentindo, vamos ver oque sai...E como cada dia eu sinto uma coisa diferente, saiu essa salada...que bom que gostou.
Bjs

Multiolhares disse...

Por vezes pensamos que não temos nada para dizer,
mas há tantas emoções a pairar no nosso coração,
que quando deixamos sair acabam num poste rico como o teu

espero que saltes a vedação e logo, logo estejas bem feliz e cheia de força,
beijinhos

Gerly disse...

Essa sua falta de assunto foi super produtiva, não é???

Quanta coisa verdadeira vc escreveu...

E sem dúvida, quando a fase "feliz" chegar, vc estará pronta para vivê-la e dar continuidade a ela.

Beijokas!

:o)

bete disse...

Lia, tuas músicas tão "massa".

Dá notícias do "campo de batalha", tá todo mundo vivo por lá?

neli araujo disse...

Amiguinha linda,

Ainda bem que você estava sem assunto, hehehe!

Liazinha, gostei de ver tua cidade, e o lugar onde compra seus livros, linda!

Gostei do post! Assim a gente sabe um pouco mais de você!

Estou torcendo para que o irmão de Lyz fique lá pela fazenda, até ficar firme, linda!

beijinhos,

Neli

Renato Oliveira disse...

Olá Liazinha,

Chegará, certamente, ao "Estágio Feliz"!

Se calhar mais cedo do que esperas!

Beijinho,

Renato

neli araujo disse...

Liazinha, eu posso passar o link do teu blog para o meu cunhado que é de Avaré, linda?
beijinhos