02/08/2008

Só prá o vento...sopra o vento...


Só prá o vento...
sopra o vento...



Só prá vento...
eu entrego meu carinho...
Sopra o vento...
e leva meu carinho ao mar...

Só prá o vento...
Me entrego sem reservas...
Sopra o vento...
e eu fico a sonhar...

Será que ele vai voltar??
E eu estou a esperar...

Sopra o vento...
E me trás desilusão...
Sopra o vento...
e machuca o coração...

Será que ele vai voltar??
E eu estou a esperar...

Autoria
Lia mesmo

Oque será que saiu aqui???
Poema, verso, ou besteirol???

12 comentários:

Rubinho Osório disse...

Poema, sim, poema...

* O Cantinho da Lia * disse...

Então...
mas não sei a técnica...
A unica coisa que sei é que um soneto tem dois quartetos e dois tercetos...
De resto sou leiga...

Bjs Rubinho

mundo a fora disse...

Anda um vento muito forte para as bandas de cá.

q cantinho acolhedor. gostei muito...

bjoka

* O Cantinho da Lia * disse...

mundo a fora ...
Que bom que gostou...
Obrigada pela visita,
Bjs

bete pereira da silva disse...

Uai...saiu uma poesia. Começa assim, vai fundo. Se não me engano Cecilia Meirelles tem um poema onde fala do vento do mês de agosto. Agosto promete.

* O Cantinho da Lia * disse...

Betinha...
é à gosto de Deus ou Agosto msm???
Será que haverá alguma mudança neste "Marasmo"????
Ventos me levem...Precisando de novos ares..(e novos aromas também)....

Beijos linda!

Renato Oliveira disse...

Olá Lia.

Sopra o vento sem machucar seu coração tão dócil.

Belo poema neste mês de Agosto, neste cantinho tão belo.

Beijinho doce

Renato Oliveira

* O Cantinho da Lia * disse...

Oi Renato, meu querido amigo!
Que bom que o vento te trouxe até mim...

Um beijinho especial pra vc, com muito carinho!

Ótimo fds!

E o pensamento voa... disse...

"Só prá vento...
eu entrego meu carinho...
Sopra o vento...
e leva meu carinho ao mar..."

Lia querida, é poema, sim, e muito lindo. Além disso encontrou meus pensamentos que voavam por estas bandas. Teu carinho chegou até mim!

Olha, não deixe de escrever. Por enquanto não pensa em métrica, forma, nada disso. Põe só o que está sentindo no papel. É muito bom, linda!beijnhos

André Wernner disse...

É...
Sopra o vento para eu te escutar...
Sopra, sopra para me entregar...
Sopra, afasta o véu... quero te amar!

Sopra vento, sopra para eu me encontrar...
Sopra mais forte, quero te abraçar e sentir!
Sopra, agita o meu coração, quero essa emoção...

Sopra o vento da liberdade, da ternura...
Sopra a volúpia dos que amam e se entregam!
Sopra a felicidade que busco na entranha d’alma...

André Wernner
andrewernner.blogspot.com

* O Cantinho da Lia * disse...

André, que lindo!
Que encanto...

* O Cantinho da Lia * disse...

Nelinda...
Obrigada de coração...
Beijos